terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Fortaleçendo o corpo para a corrida

A corrida é uma atividade que vem ganhando espaço nas ruas, parques, praias e praças das cidades. Costumo dizer que a corrida é uma das atividades mais acessíveis, pois para realizá-la, basta ter disposição e um par de tênis. Diferente de outras modalidades, não há necessidade de pagar mensalidade, outras pessoas também acreditam que não necessitam orientação profissional, o que facilita muito para a sua popularidade entre diversas classes sociais.

Também é fato que, basta observar os mais variados tipos de pessoas que correm para notar erros que podem colocar o praticante em situação de risco e maior exposição à lesões. São pessoas que estão muito acima do peso, pessoas que correm muito acima da sua capacidade, outros que correm com má postura, enfim, há uma quantidade de erros. Às vezes até mesmo para os olhos do profissional especialista, alguns erros e vícios posturais são difíceis de se diagnosticar e corrigir. Imaginem então para o leigo, para muitos é só calçar um par de tênis, que muitas vezes nem é o ideal para corrida (sem contar na pisada da pessoa) , e sair correndo. Isso pode causar uma série de lesões a curto e médio prazo.

Ainda precisamos considerar o impacto gerado na corrida, que pode chegar a uma força equivalente à cinco vezes o peso do praticante. Essa carga pode danificar articulações e coluna. Para atenuar essa situação, um dos cuidados que devemos ter é treinar e fortalecer a região do CORE (lombar, quadril, abdômen, ombros) . Alem disso, o treinamento muscular deve ser específico aos grupos e movimentos utilizados na corrida, portanto leitores, alguns de vocês devem lembrar de um outro post que publiquei: "Treine movimentos e não (APENAS) músculos. Quanto mais específico for o reforço muscular, melhor. É claro, que alguns exercícios que aparentemente não tem nada a ver com o gesto da corrida serão executados, mas todos igualmente tem o objetivo de desenvolver algumas potencialidades que tornam a corrida melhor.

E para tornar a sua corrida melhor, o movimento correto é fundamental e vai evitar que você "quebre" em seu percurso. Além disso, quanto mais perfeito for o movimento, maior será a econômia de corrida, o que eleva a performance, evitando ou adiando a fadiga. Nada melhor do que uma super sessão de treino funcional para fortalecer o corpo para corrida, tudo com exercícios simples e de grande utilidade para corredores. Todos os movimentos partem do acionamento do CORE, potencializando as ações dos músculos estabilizadores. As fotos são de uma matéria no site da revista Boa Forma. Em breve devo colocar vídeos de sugestões de treinos complementares para corrida.





Afundo ou Lunge unilateral- tem o objetivo de fortalecer os membros inferiores, simulando o moviento da corrida e aprimorando o equilíbrio e estabilização.



Superman ou membros invertidos sobre a bola- aqui o objetivo é controlar o corpo sobre a bola, elevando braço e perna contralateral (braço direito com perna esquerda), fortalecendo o CORE e desenvolvendo a coordenação.

Stiff unilateral ou Inverted Hammstrings- equilíbrio e controle muito potencializados, trabalha alongamento dos posteriores de coxa da perna de apoio, e na perna elevada há muita contração da musculatura posterior, desenvolvendo também a coordenaçãoe o CORE.


Afundo ou Lunge- alguns preferem trabalhar todas as repetições com a mesma perna à frente, já que o objetivo é ser mais específico, prefiro que o aluno alterne as pernas, inclusive, quando há espaço, proponho que o movimento seja feito em deslocamento, o que fortalece a musculatura, equilíbrio e coordenação.




Arranque unilateral- é um movimento que à medida que o aluno se familiariza deve ser realizado mais rápido, de forma mais explosiva, o que aumentará o seu controle, desenvolvendo coxas e um CORE muito forte.
Não vou me deter a números de repetições, esse não é objetivo, e sim fornecer uma idéia dos exercícios que podem ser realizados, além disso, as repetições variam conforme a fase de treinamento e carga de indivíduo para indivíduo. Às vezes, o trabalho proposto é por tempo, e não por número de repetições, mas isso depende de cada profissional, e novamente da fase de treinamento que esta sendo realizada.
Bons treinos!
FROM THE CORE
Fabiano Piassarollo
"CORE LIFE PERFORMANCE"
(51)-9198-4039/3337-8924

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Grêmio vai sem Viagra

O diretor médico do Grêmio, Marcio Bolzoni afirma que o Grêmio não deverá utilizar o Viagra para facilitar o dempenho dos atletas nos jogos da Libertadores na altitude elevada. "Não faremos testes em nossos atletas, O Grêmio não é laboratório, e enquanto não houver bases científicas atestando as vantagens do Viagra para o atleta de futebol, não há motivo para utizarmos"- afirma Bolzoni. E com certeza o médico tem razão, na base do "achômetro", nada deve ser utilizado no esporte de alto rendimento, pois qualquer erro pode por tudo à perder.

Há uma preocupação com o doping, embora atualmente o Viagra não esteja na lista de medicamentos proibidos. Provavelmente a substância seja inserida na lista de produtos considerados doping. Há relatos de que o Viagra foi utilizado por atletas nas Olímpiadas de Pequim. Se realmente for comprovado que o Viagra pode favorecer a performance esportiva, deve realmente ser banido do esporte.

Caso isso ocorra, e o atleta que necessita do medicamento para "fins sexuais" for sorteado no exame? Certamente esse terá de permanecer em "off" no período competitivo. E quando a agência antidoping fizer o teste surpresa fora das competições? É bom ressaltar que o Viagra originalmente foi utilizado para estimular a circulação pulmonar, e após começou a ser prescrito para disfunção erétil.

Vamos aguardar e ver se Grêmio e Palmeiras farão uso do medicamento para enfrentar os jogos em altitude. Com Viagra ou sem Viagra, vamos torcer para os clubes brasileiros nessa competição.

Fabiano Piassarollo
"Core Life Performance"
(51)-9198-4039/3337-8924
fabianopiassarollo@terra.com.br

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Tricolor pode utilizar viagra na libertadores

A idéia surgiu quando o médico do Grêmio, Alarico Endres, leu matéria sobre a possibilidade do Palmeiras utilizar o viagra, em seu jogo na Pré-Libertadores. O objetivo seria melhorar o rendimento na altitude, visto que nossos atletas sempre levam desvantagem atuando muito acima do nível do mar.

Como o viagra atua como um vaso dilatador, aumenta o fluxo sanguíneo e consequentemente a captação de mais oxigênio. Como o Grêmio terá na primeira fase da competição duas disputas na altitude, o medicamento (que ainda não consta na lista de substâncias consideradas doping) pode ser utilizado para melhorar a performance dos atletas. Agora o departamento médico tricolor corre atrás de trabalhos que comprovem ganhos em performance na altitude com o uso do viagra. Alguns relatos dão conta de que ciclistas que utilizaram viagra em provas à 4.000 de altitude, obtiveram ganhos em relação ao desempenho. Inclusive, suspeita-se de que muitos atletas que competiram na Olímpiada em Pequim, vinham consumindo o medicamento.

Acredito que uma alternativa seria a utilização de suplementação com óxido nítrico, que atua aumentando o volume plasmático, favorecendo maior captação de O2. Soube por fontes coloradas, que no Inter, ao jogar no México (não recordo se foi na Libertadores de 2006), o departamento médico juntamente com os fisiologistas do clube, utilizaram o NO2 da Integralmédica (agora é NaNO2). Na época, segundo minha fonte, a utilização do NO2 começou 15 dias antes da partida. O Inter saiu perdendo, mas obteve fôlego e conseguiu virar a partida : "Não sei se o produto adiantou, mas o que importa é que ganhamos utilizando o NO2 Integralmedica", confessou o profissional colorado que me relatou esses fatos.

Se optar por utilizar o viagra na Libetadores, o Grêmio vai para a disputa mais azul do que nunca. Meu receio é que isso possa acarretar no futuro algum tipo de punição ao Grêmio e ao Palmeiras, caso prescrevam o medicamento aos seus elencos.

Segue um trecho com a matéria veiculada no site do jornal Zero Hora do dia 13/01/2009. Confira na íntegra, com gráficos, vídeos e entrevistas acessando: http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Esportes&newsID=a2366583.xml


Roth é cauteloso sobre uso de viagra pelos jogadores

Técnico diz que é preciso analisar os benefícios e malefícios do medicamento


Os jogadores do Grêmio podem fazer uso de viagra para amenizar os efeitos da altitude nos jogos Copa da Libertadores. O departamento médico do clube ainda investiga uma comprovação científica sobre os benefícios da pílula azul nesse sentido. O medicamento, famoso por auxiliar na capacidade erétil em relações sexuais, ajudaria na circulação sanguínea e, consequentemente, na respiração. O técnico Celso Roth não descarta a possibilidade, mas deixa o assunto para os médicos. Na visão dele, o problema é ser uma alternativa dopante: — É uma novidade, uma hipótese levantada. Mas precisamos ter todo o cuidado. O assunto fica com o departamento médico, na verdade. Depois de os médicos se pronunciarem, analisaremos os benefícios e os malefícios. Na minha opinião, é um estimulante, algo fora de nossa metodologia.

FROM THE CORE

Fabiano Piassarollo
"Core Life Performance"
(51)-9198-4039/3337-8924
fabianopiassarollo@terra.com.br

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Stiff e Remada Alta na meia bola

Mais um super vídeo com uma de minhas alunas mandando ver em um set de Stiff e Remada Alta com a meia bola cravo. Exercício realizado com alta performance nos movimentos, com muita propriocepção, equilíbrio e resistência, pois o repouso é ativo para que a resistência seja elevada.


Utilizo esse trabalho, para elevar a capacidade aeróbia, tendo em vista que minha aluna é atleta de corrida. Então ao invés de realizar uma recuperação tradicional, com a parada para o descanso, utilizo o trampolim com um trabalho de skipping. Podem ter certeza que a capacidade de trabalho na corrida é elevada dessa forma, a resistência aumenta muito, assim como a recuperação é potencializada.


Ultimamente tenho aplicado muitos exercícios desse tipo, e tenho obtido bons resultados, inclusive para alunos que desejam queimar mais calorias, perdendo o excesso de gordura corporal. É claro que a carga de trabalho utilizada nesse treino é menor, em torno de 65% á 75% da máxima, portanto os exercícios são realizados com menos peso, em contrapartida, com mais repetições. Com a recuperação ativa no trampolim, o treino aproxima-se de uma sessão aeróbia, garantindo a funcionalidade da sessão. Na mesma sessão desenvolvemos todos os sistemas energéticos.


O treino praticamente não para, o que requer muito esforço por parte do aluno/atleta. Com o treino aplicado dessa forma, consigo potencializar o resultado final da preparação de meus alunos, valorizando cada minuto de seus treinamentos.


Na trilha de fundo da execução Faith No More.




video




FROM THE CORE


Fabiano Piassarollo


"Core Life Performance"


(51)-9198-4039/3337-8924


fabianopiassarollo@terra.com.br

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Pico e apoio na bola + skipping

Mais um super "insane set", composto de apoio e pico na bola com recuperação ativa no skipping, simulando a corrida no trampolim. Exercício que exige muita resistência, não é para iniciantes, só alunos com ótima consciência corporal e boa base de CORE.

Por se tratar de uma série com recuperação ativa, a frequência cardíaca permanece elevada( 75% à 85%) durante toda a sessão de treinamento, garantindo eficiência nos ganhos e muita resistência. Além disso, outro fator importante a comentar é a forte ativação do metabolismo, gerando grande gasto energético.

Na trilha sonora de fundo, Fim de tarde com você, dos Acústicos & Valvulados.

video

Agradeço a participação e desempenho de minha aluna, sempre encarando com grande disciplina os desafios propostos.

FROM THE CORE

Fabiano Piassarollo

"Core Life Performance"

(51)-9198-4039/3337-8924

fabianopiassarollo@terra.com.br

Squat e lateral na meia bola

Vídeo de um super exercícicio funcional, realizado por minha aluna. O movimento é potencilizado, pois é realizado sobre a meia bola, que como nome diz é uma meia esfera com uma base lisa e outra com pontas, como as bolas de massagem.

Este aparelho eleva a propriocepação e o equilíbrio, exigindo mais esforço para a manutenção do controle do movimento. A base arredondada, com as pontas massageadoras, estimula a propriocepção, circulação sanguínea e equilíbrio, potencializando os ganhos.

Adquiri a meia bola quando fui pesquisar o valor do dura disk, na hora enxerguei essas bolinhas que lembram um porco espinho ou minas terrestres, testei e acabei optando por estas em relação ao dura disk, pois o preço é muito menor, sem contar no estímulo que achei maior na meia bola.

Comparando com o bosu e plataforma de equilíbrio, a dificuldade e exigência de controle e equilíbrio também é maior, o que é outro ponto positivo para a meia bola. Apostem nessas bolinhas, elas fazem a diferença.

Sempre é bom recomendar precaução na utilização de aparelhos que exigem equilíbrio, pois sempre há um risco de queda e consequentemente lesão, então cuidado na prescrição desses exercícios. O profissional experiente irá realizar uma adaptação prévia, e de acordo com a evolução vai lançando exercícios em aparelhos que exigem maior nível de controle, como a meia bola. Portanto, nunca é demais lembrar, em todo equalquer treinamento os exercícios devem seguir uma progressão sempre do mais fácil (com essa reforma ortográfica já nem sei se é com ou sem acento) para o mais difícil, passando etapa por etapa, degrau por degrau.

Mesmo com o vídeo posicionado na horizontal dá para perceber as exigências do exercício.

video

Bons Treinos!

FROM THE CORE

Fabiano Piassarollo

"Core Life Performance"

(51)-9198-4039/3337-8924

fabianopiassarollo@terra.com.br

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Insane training

Utilizo essa expressão com meus alunos, e geralmente eles concordam quando ela é empregada.

Para iniciar o ano com muito gás um super set funcional, voltado para resistência na corrida. É uma fase de resistência, então o treino não para nunca (só para tomar água), consiste em três séries do mesmo exercício, entre 12 e vinte repetições, com carga moderada. É ótimo para gastar calorias, e por ser contínuo é similar ao treino aeróbio.

Acompanhem a evolução de minha grande atleta em uma série de apoio e concha na bola, com recuperação ativa no skiping no trampolim. Tem que ter gás, mas é sem dúvida INSANE TRAINING.


FROM THE CORE

video

Fabiano Piassarollo

"Core Life Performance"

(51)-9198-4039/3337-8924

fabianopiassarollo@terra.com.br

Ano Novo cheio de novos projetos

Começo de ano é sempre meio devagar, parece que as coisas custam a acontecer, mas é época de férias, e nós como brasileiros já estamos acostumados com a frase que volta e meia é pronunciada no verão: o ano só inicia após o carnaval, o que para nós significa que as coisas realmente acontecem a partir do final de fevereiro.

Mas é bom aproveitar essa calmaria para organizar, ou reorganizar seus projetos e objetivos, pois nunca é tarde para buscar novidades e novos desafios. Sei que muitas idéias surgem, e às vezes é difícil organizá-las, à ponto de que essas se materializem, gerando novos frutos. Mas é importante tentar e dar o primeiro passo para que façamos as coisas acontecerem. Então vamos lá, levante-se, mexa-se e vá em busca daquilo que julgar necessário para o seu crescimento.

Espero e desejo que todos busquem seus ideais, e que a cada dia possamos mostrar nosso melhor, pois assim é a evolução. Desenvolva novas qualidades, saia do mesmo, aposte, diferencie-se para melhor. Eu continuarei buscando o meu melhor, em cada atitude de minha vida, então vou aproveitar muito bem esse ano, com crise ou sem crise. É aquela atitude do lute ou corra, o que não podemos fazer é ficar parados. Não importa se em algum momento tenhas de dar alguns passos atrás, utilize essa situação para agregar forças e crescer, pois então darás muito mais passos à frente. O que importa é sempre buscar a quebra da homeostase, então não fique parado, vá em busca de suas conquistas em 2009.

Aproveito o momento para informar que em maio confirmei novos cursos na área do fitness e treinamento, o que possibilita a troca de experiências profissionais entre os participantes, gerando novas possibilidades de desenvolvimento para todos. Isso significa que esse ano iniciou me trazendo muita motivação, e esse sentimento não pode faltar na vida de ninguém.

Desejo á todos muito movimento, exercício físico e qualidade em suas vidas, pois assim terão um 2009 cheio de saúde, alegria e sucesso.

Não deixem de realizar seus treinos.

FROM THE CORE.

Fabiano Piassarollo
"Core Life Performance"
(51)- 9198-4039/3337-8924
fabianopiassarollo@terra.com.br